• JEFFERSON silva

Quanto custa uma sessão de hipnose clínica (hipnoterapia)?

Atualizado: Jun 21


Essa é de longe a pergunta direta que mais recebo por e-mail e whatsapp. A pergunta parece fácil e direta, mas não é.

Primeiro por que existem basicamente duas maneiras de vender o tratamento. Existem profissionais que cobram um valor fixo para uma sessão. Nesse caso é simples de responder, pois o valor será sempre o mesmo. Para se ter uma ideia, em São Paulo o valor médio cobrado por profissionais consolidados em uma sessão é de R$900,00 (média).

Ou seja, quem trabalha dessa maneira, a resposta é simples, pois o valor não muda.

A outra maneira (como nós trabalhamos) é vendendo protocolos exclusivos e personalizados. Nesse caso é muito difícil passar o valor sem nem ao menos conhecer o caso. Pois cada tipo de sessão é diferente, podendo ser mais curta e espaçada ou mais longa com intervalos menores. Tudo isso é elaborado levando em conta a complexidade do caso e de como o cliente responde à hipnose. Ou seja, o valor cobrado não é por sessão, mas sim o tratamento.

Por isso é impossível passar um valor exato do tratamento sem uma consulta de avaliação. A variável é muito grande, existem protocolos de R$600,00 e no outro extremo nos casos mais complexos pode chegar a R$3500,00.

Por isso quando alguém entra em contato perguntando o valor da sessão diretamente, é impossível responder sem uma consulta de avaliação!


Por que adotamos a venda do protocolo personalizado?

Basicamente por três motivos:


1° - Maximização dos resultados no tratamento.


A hipnose é uma ferramenta tão transformadora que é provável que na primeira sessão o cliente experimente uma alteração gigantesca na percepção e comportamento. Dessa forma, ele pode entender que tudo está resolvido e que não precisa mais de nenhuma sessão. Quando na verdade é necessário continuar com o processo, para fortalecer as novas conexões neurais, instalação de âncoras de recurso e principalmente a psicoeducação. Ou seja, se o cliente não passar por essas etapas a melhora pode ser provisória, voltando a ter a queixa um tempo depois. Então quando você vende o protocolo, você garante que o cliente vai passar por cada etapa do processo, melhorando significadamente os resultados e a satisfação do cliente.


2° - Transparência no tratamento.


Quando uma clínica vende sessões, você não sabe quando a terapia vai acabar. O profissional pode se "acomodar" e manter o cliente por tempo desnecessário. Dessa forma, sempre que acaba uma sessão, ele agenda outra sem previsão do fim.

Não estou afirmando que todos os profissionais que vendem a sessão fazem isso! Mas essa forma de trabalhar, abre margem para essa interpretação. Ou seja, antes de iniciar o cliente já sabe quanto vai custar, quanto tempo vai levar e consegue se programar com relação ao tempo e dinheiro.


3° - Incentivo justo para casos mais complexos.


Toda dor, é uma dor! Eu sei que não podemos jugar se uma queixa é mais dolorosa que outra. Ou se um caso é mais traumático que outro.

Esse não é o caso, a questão é sobre o tempo empregado na resolução dos problemas. Na minha opinião uma pessoa que usa um protocolo de seis sessões não deveria pagar o mesmo valor da sessão que uma caso que utiliza o protocolo de sessão única.

Ou seja, quanto mais horas empregadas no tratamento com a hipnoterapia, menor deverá ser o valor dessa hora.


Consulta de avaliação

A consulta de avaliação é indispensável no processo, pois ela permite que o psicoterapeuta entenda melhor o caso do cliente e serve para verificar se a hipnoterapia é a melhor abordagem para aquele caso. Na avaliação o cliente conhece o terapeuta e tira todas as dúvidas sobre o processo. E por fim na consulta de avaliação você experimenta uma experiencia fantástica com a hipnose para conhecer e entender melhor como é a base do tratamento. No final, com todas as informações é elaborado um protocolo exclusivo e personalizado, que indica o tipo de sessão a quantidade estimada e o valor do tratamento.



Por que a hipnoterapia é tão cara?


Nós brasileiros, na grande maioria crescemos com a cultura do custo mensal, não do montante. Não é a toa que grandes magazines fizeram fortuna na era dos carnês. O importante não é o preço final, e sim a prestação.

80% dos tratamento que realizamos, ficam abaixo do R$1.500,00. Ou seja, são protocolos de uma, duas ou três sessões. Cada sessão pode levar até três horas (cada)!

Então quando passamos o valor de R$1.800,00 por três sessões, a maioria das pessoas assimilam como um custo mensal. Quando na verdade, se comparada com outras psicoterapias o valor é infinitamente menor.

Um psicoterapeuta em São Paulo, cobra em média R$150,00 uma sessão de 50 minutos. Como as sessões são semanais o valor médio mensal é R$600,00. Recebo dezenas de casos de pessoas que fazem terapia a mais de 10 anos! Mas vamos ser conservador, e imaginar que a terapia dure apenas um ano. R$ 600,00 x 12 (doze meses) = R$ 7.200,00 o custo do tratamento.

Agora some o transporte, alimentação e principalmente o "tempo" empregado nesse processo.

O tempo, é o bem mais precioso que carregamos!

Então vejamos, se compararmos no nosso exemplo, o valor de R$7.200,00 na psicoterapia com

o valor de R$1800,00 empregado na hipnoterapia, é diferença é absurda!

O que acontece é que essa cultura "dos carnês" nossa mente acaba comparando o valor de tratamento na hipnoterapia com o valor de uma sessão na psicoterapia (psicologia ou psicanálise).


Se você tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe seu comentário que terei prazer em responder!

Quer saber quanto custa um tratamento com hipnoterapia?

Entre em contato agora mesmo com a Mentale Hipnoterapia.


whatsapp 11 97448 5502


Clique aqui e agende hoje mesmo sua consulta de avaliação!


Conheça nossas redes sociais

https://www.facebook.com/mentalehipnoterapia/

https://www.youtube.com/channel/UCq1WF44ohl63DhlCB2FfC9w

https://www.instagram.com/mentalehipnoterapia/

https://twitter.com/MHipnoterapia


#mentalehipnoterapia #hipnose #depressao #ansiedade #fobia


122 visualizações0 comentário