top of page

Tudo Sobre a Paralisia do sono

Atualizado: 24 de jul. de 2023

Era uma manhã fria de inverno quando Ana acordou em sua cama. Ela abriu os olhos lentamente, ainda sonolenta, e tentou se mexer. Mas algo estranho estava acontecendo. Ela não conseguia mover um músculo sequer. Tentou levantar os braços, mexer as pernas, mas nada acontecia. Ela estava completamente paralisada. O pânico começou a tomar conta de Ana. Ela tentava gritar por ajuda, mas sua voz também não saía. Ela estava presa em seu próprio corpo, incapaz de se mover ou falar. As lágrimas começaram a escorrer pelo seu rosto enquanto ela lutava para entender o que estava acontecendo.

De repente, ela ouviu um barulho estranho vindo do canto do quarto. Era como um sussurro, uma voz distorcida que parecia estar falando com ela. Ana tentou virar a cabeça para ver o que era, mas ainda estava paralisada, só conseguia mexer os olhos, que ficavam agitados procurando quem estava sussurrando. O medo crescia dentro dela, e a voz continuava a sussurrar, cada vez mais perto. A voz parecia vir de uma sombra, que se movimentava como um vulto. Ana tentava se mexer, falar e nada acontecia. O vulto agora se aproximava de Ana, e sorrateiramente subia na cama se aproximando do seu rosto, Ana de repente sente uma pressão sobre seu peito, dificuldade de respirar, que vem junto com um arrepio no corpo todo, o arrepio do pavor. Agora completamente desesperada ela tenta Gritar, mas novamente a voz não sai. Ana sente a presença de uma figura sombria impedindo ela de falar ou se mexer. A sensação era como se essa ser estivesse sentado sobre seu corpo, dominando completamente seus atos. Em uma ultima tentativa, Ana novamente Grita por ajuda. Mas dessa vez, sua voz ecoa alto pelo quarto. Então, tão repentinamente quanto começou, tudo parou. Ana conseguiu mover os braços e as pernas novamente e o vulto desapareceu. Ela se sentou na cama, ofegante e assustada, tentando entender o que havia acontecido. Será que foi um sonho?


Pessoa com os sintomas da paralisia do sono
Você sabe o Que é Paralisia do Sono?

Aqui você vai ler:









Será que foi um Sonho?


Não, isso não foi um sonho! A história de Ana é fictícia mas exemplifica muito a sensação das pessoas que passam pelos sintomas. Esse conjunto de sensações é mais comum do que você imagina. Esses sintomas se originam de um estranho fenômeno chamado Paralisia do Sono. Um artigo de 2011 com mais de 35000 participantes apontou que aproximadamente 8% da população em geral já vivenciou a paralisia do sono. Esses números sobem para 32% em pessoas com transtornos mentais, como ansiedade e depressão.


O que é Paralisia do Sono?

A paralisia do sono é um distúrbio do sono em que a pessoa acorda temporariamente incapaz de se mover ou falar. Isso acontece quando o corpo está paralisado durante o sono REM (movimento rápido dos olhos), mas a mente acorda antes do corpo. A paralisia do sono pode durar de alguns segundos a vários minutos e pode ser acompanhada por alucinações auditivas ou visuais.

Embora assustadora, a paralisia do sono é geralmente inofensiva e pode ser causada por estresse, ansiedade, privação de sono ou mudanças no horário de sono. Algumas pessoas podem experimentar episódios de paralisia do sono apenas uma vez na vida, enquanto outras podem ter episódios recorrentes.



O que Causa a Paralisia do Sono?

A paralisia do sono é causada por uma falha na comunicação entre o cérebro e o corpo durante o sono. Durante o sono REM (movimento rápido dos olhos), o cérebro relaxa todos os músculos do corpo para evitar movimentos bruscos durante os sonhos. No entanto, quando há um problema de comunicação entre o cérebro e o corpo, o cérebro pode demorar para devolver o movimento ao corpo, resultando em um episódio de paralisia do sono.


Existem vários fatores que podem aumentar o risco de ter episódios de paralisia do sono:


  • Horários irregulares para dormir

  • Privação do sono

  • Ansiedade excessiva

  • Estresse

  • Dormir com a barriga para baixo


Além disso, a paralisia do sono pode estar associada a outros distúrbios do sono, como a narcolepsia, e a algumas condições psiquiátricas.



Por que você não Pode se Mover?


De forma simples, é como se nosso cérebro invertesse a ordem de acionamento dos sentidos. Nossa musculatura é “desligada” no estágio REM do sono, para nossa proteção, pois é onde costumamos ter os sonhos mais vívidos. Essa “falha” dura geralmente alguns segundos, mas em casos raros, podem chegar a 15 minutos antes de recuperar totalmente o movimento.


O que são as Entidades Comumente Avistadas na Paralisia do Sono?


É muito comum quem passa pela paralisia do Sono, ter Alucinações auditivas e visuais, ou seja, é comum durante o distúrbio enxergarmos coisas que não existem e da mesma forma, ouvirmos coisas que também não existem. Com relação as entidades normalmente avistadas, elas são devido a um disparo da amígdala, que é responsável pelo medo (entre outras coisas). Nosso cérebro não gosta de lacunas, ou seja, tudo precisa de uma explicação (mesmo que ilógica) então ele precisa dar sentido para a ausência de movimento. Então cria entidades a partir de formas, objetos ou sombra que “justifique” a situação. Quase da mesma maneira que nós sempre damos formas as nuvens. Ou seja, é muito comum vermos nesse processo, aquilo que temos medo. Por exemplo, é pouco provável que alguém que não acredite em extraterrestres, veja um extraterrestre durante o episódio.


Mitos Sobre a Paralisia do Sono


As crenças culturais também influenciam fortemente essas alucinações e experiências, levando à criação de folclore e mito, que podem confundir fatos com a ficção. Existem histórias fantásticas sobre um Boto, um golfinho-cor-de-rosa na Bacia Amazônica que se transforma à noite em um amante indesejado.

Entidades demoníacas são mais frequentes, devido ao cristianismo ser a religião predominante no nosso país. Já Ateus, que não acreditam em espíritos, demônios ou almas, tendem a ver na Paralisia do Sono a figura de homens perigosos ou alienígenas a depender da crença.

Como prevenir a paralisia do sono


A paralisia do sono pode acontecer com qualquer pessoa. Fatores como falta de sono, distúrbios do sono e turnos de trabalho podem aumentar a probabilidade de acontecer.

Estudos apontam que a paralisia do sono é mais frequente em pessoas com hipertensão, convulsões e narcolepsia, estresse, ansiedade e depressão. Por isso é muito importante o controle de todos esses fatores maximizadores. Bem como terapia para controle dos distúrbios mentais. Também evite dormir de costas, pesquisas mostram que pessoas que dormem “de costas” têm de três a quatro vezes mais chances sofrer da paralisia do sono.


E se acontecer novamente a Paralisia do Sono?


O fator primordial, é a conscientização da situação. Quando as pessoas desmistificam a experiência, o processo tende a gerar cada vez menos impacto. Outra dica, é quando acontecer, concentre toda a sua energia em mexer apenas dedo, da mão ou do pé, com paciência. No momento que você mover esse dedo, a paralisia acaba completamente.


Espero que você tenha gostado desse artigo. Sua opinião é muito importante.

Não deixe de comentar e compartilhar esse post!


Gostaria de conhecer melhor o meu trabalho, ou que que falar comigo?


Clique no botão abaixo e fale comigo agora!





Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page